Concurso Policia Civil MG 2017

Concurso Delegado MG paga inicial de R$ 11 mil!
Concurseiros/as Deltas de Minas Gerais já podem comemorar uma excelente oportunidade anunciada. A Chefia da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) comunica que a Câmara de Orçamentos e Finanças (COF) autorizou, nesta terça-feira (17), a realização do concurso público para o cargo de Delegado de Polícia no primeiro grau do nível inicial.

Em função das restrições impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, inicialmente, foram autorizadas 76 vagas. Tendo em vista que a autorização já foi recebida, os trâmites administrativos e todas as medidas necessárias para que o edital seja publicado o mais breve possível estão sendo realizados.

Segundo o Chefe da Polícia Civil, Delegado-Geral João Octacílio Silva Neto, a autorização deste concurso reforça o trabalho constante da chefia em prol da melhoria nas condições de trabalho na instituição. “Esta autorização também reforça o compromisso do Governo com a Segurança Pública e com a Polícia Civil”, afirmou.

De acordo com o Chefe de Gabinete da PCMG, Delegado-Geral Bruno Tasca Cabral, o concurso auxiliará na recomposição do quadro de pessoal. “O concurso permitirá que façamos a recomposição do efetivo nas comarcas durante toda a vigência do concurso”, explicou.

Para concorrer a função de delegado é necessário curso superior de direito, de acordo com os artigos 140, § 3º da Constituição Estadual e 10- III da Lei Complementar nº 84/2005, alterado pelo artigo 1º da Lei Complementar 113/2010.

O Sinpol solicitou ao chefe da PC MG que neste certame seja exigido a condição de policial civil e o tempo de exercício efetivo na profissão, como prova de título e pontos, da mesma forma que já se pratica em outros Estados.

O vencimento inicial para o cargo de Delegado de Polícia é de R$ 11.475,60, para carga de 40 (quarenta) horas semanais em regime de tempo integral e dedicação exclusiva.



delegado aprovado será responsável pela direção da Unidade da Polícia Civil em que esteja em exercício; orientação, a coordenação, o controle e a fiscalização dos serviços policiais civis no âmbito de sua circunscrição, o exercício das funções de polícia judiciária, e das ações de investigação criminal para apuração de infração penal, com autonomia e independência, para a busca da verdade real, entre outras.

Fonte: GranCursos Online

 

Blog

Deixe uma resposta